sexta-feira, 12 de agosto de 2011

[Tirinha] Psicologia em São Lázaro

Estudante de faculdade pública sofre com certas coisas. Psicologia, então, nem se fala. Historicamente, é um curso bem "deixado de lado" - curso de humanas que não gera produtos vendáveis (não cria novos remédiosempresas gigantescas, bombas nucleares nem máquinas mortíferas em geral). Geralmente, a estrutura é precária.

Meu curso é um bom exemplo disso. Não temos laboratório de psicologia experimental, nem uma sede para chamar de nossa (o curso está alocado na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, mas não mais pertence a esta) e o serviço de Psicologia tem lugar num prédio pré-moldado que cai aos pedaços desde muito antes de eu começar meus "estudos da alma". A FFCH, por sua vez, fica no campus mais isolado da faculdade e, honrando o apelido de São Lázaro (que tem uma história mais complexa, a se contar quem sabe outro dia), abriga vários cachorrinhos que lá são abandonados. Isso quando não aparecem, como já ocorreu, outros animais perdidos para assistir as aulas com a gente (cobras, carneiros, galinhas, e o famoso cavalo).

Como é rir pra não chorar, uma amiga minha, Inis, e eu tivemos o ~insight~ (adoro essa palavra: ~insight~) da tirinha abaixo.



Piada muito explicada perde a graça, até porque só quem estuda lá vai captar a idéia. Mas já vale a intenção. :P

Nenhum comentário:

Postar um comentário